Produtividade no Home Office em tempos de quarentena

Home / NEWS / Produtividade no Home Office em tempos de quarentena
Produtividade no Home Office em tempos de quarentena

Uma realidade por muitos desconhecida, o trabalho em casa, também denominado de teletrabalho ou home office, foi empregado como uma medida emergencial de combate a disseminação do coronavírus no último mês de março. Apesar de aparente novidade, esta condição de trabalho já foi adotada por 3,8 milhões de brasileiros em 2018, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de crescimento registrada entre 2017 e 2018 (21,1%) reflete o aumento da informalidade observado nos últimos anos, devido a crise do mercado de trabalho.

O home office, em vias gerais, é a realização de atividades profissionais fora do escritório, sem a obrigatoriedade da presença na empresa. A prática já está definida e regulamentada na Consolidação das Leis do Trabalho (Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943) como meio formal de atividade e possui algumas regras de controle de jornada, atividades que deverão constar em contrato, regras de utilização de equipamentos, entre outras.

Há aqueles que se preocupam com esse novo cenário de trabalho, mas um estudo da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, demonstrou que funcionários de uma empresa de telemarketing que trabalharam 4 turnos (dias) por semana em casa e 1 turno (dia) no escritório, apresentaram performance 13% melhor do que de costume, em comparação com os funcionários que, no mesmo período, trabalharam 9 meses seguindo suas rotinas habituais (da casa pro trabalho, do trabalho pra casa), isto porque, trabalhar em casa nos deixa mais felizes, resultando em satisfação profissional e em subsequente aumento da eficiência.

O home office apresenta vantagens ao funcionário como ausência do deslocamento até o trabalho, flexibilidade de horários e privacidade, e à empresa que reduz custos com benefícios como o vale-transporte e custos fixos como energia elétrica, internet fixa, etc. No entanto, alguns cuidados são necessários para que esta prática não se transforme em um problema para ambas as partes.

Para quem não está acostumado com essa rotina, separamos algumas dicas para te ajudar a ser produtivo trabalhando em casa:

1. Tenha um lugar tranquilo e organizado para trabalhar

É essencial encontrar um local adequado em que você possa sentar-se corretamente, manter o computador na altura dos olhos e que proporcione silêncio, organização e não tenha gatilhos de distração (cama, sofá, geladeira, televisão) para que você mantenha-se focado em suas atividades.

2. Defina um horário para acordar e fazer sua rotina diária pré-trabalho

Ter um horário para acordar evita possíveis atrasos e permite que você realize outras atividades antes de trabalhar como tomar banho, alimentar-se, praticar exercícios físicos, etc.

3. Evite pijamas, arrume-se

O uso de pijamas pode gerar a impressão de que você está em um dia de descanso e de preguiça. O ideal é usar roupas confortáveis, mas diferentes das habituais roupas de casa, para que você esteja apresentável para possíveis reuniões online e também para sentir-se estimulado.

4. Evite usar o celular em excesso e mantenha-se distante de aplicativos

Em home office o uso de celular pode ser inevitável, mas é importante não acessar redes sociais, jogos ou outros aplicativos que gerem distração e desviem o foco.

5. Estabeleça seu horário de trabalho e mantenha-se fiel a ele

É importante definir um horário de trabalho para organizar a rotina. Este período deve ser respeitado não só para que você consiga cumprir suas atividades, mas também para que não o ultrapasse e perca seu período de lazer e descanso.

6. Defina uma lista de atividades/metas a serem cumpridas diariamente e semanalmente

A chave para o trabalho em casa é a organização e o planejamento. Definir atividades diárias e metas aumenta a produtividade e ajuda na manutenção do foco. O uso de lista de tarefas, agenda ou cronograma de atividades é muito bem vindo, e conforme eliminamos pendências, nos sentimos mais estimulados.

7. Evite ser multitarefas

Ao tentar realizar diversas tarefas ao mesmo tempo, você se sobrecarrega, é menos produtivo e se sente frustrado por não conseguir finalizar as atividades. Essa rotina estressante pode desencadear doenças psicológicas como ansiedade, depressão e insônia.

8. Esteja sempre conectado a equipe de trabalho

É importante que os membros da equipe estejam alinhados em relação a atividades, prioridades e prazos. Realizar reuniões objetivas e manter a comunicação via e-mail ou telefone contribui para atingir este objetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar mensagem
1
Olá
Como podemos te ajudar?